Poesia que de tão brasileira é rueira

Se em ti me perco
em suas nuances
é a força do olhar
marrom cortante

Se em ti me vejo
um sorriso de soslaio
atiça o desejo
de ser meu contrário

Na pradaria da tua
Alma banhar-me
a revelia, cantar-te
no coro do dia

Na efusão da luz branca
sugar as cores todas e
distribuí-las poucas
em teu colo de criança

Se meu corpo enfeitiça
me movo na dança,
faz de mim a cortiça
de seu vinho da França

Na cauda de um cometa
mostrei-te o potencial
de não ser breve:
o cometa virar Sol.

Se o reggae que irrompe
faz brotar o horizonte
de uma margarida nova
do pôr-do-sol à aurora

A bruma leve chora
nosso amor contingente
no limite negligente
Que diz: é Hora.

A lua cálida remete
um som do nordeste
Que nos rouba nos
furta – quanta luta

Se te vejo assim excitante
É teu olhar lebre sagaz
a contornar todo meu ar:
quanto suspiro delirante!

Se no jardim que cultivas
o mato verde avança
não pode as roseiras vivas
que contém a esperança

Se bem do meu lado
ver a abertura do real
retorce teu rebolado
e irrompa no total

Os namorados todos
vêm e se vão: tolos
Somam e subtraem
tabuadas irreais

Cálidas são as noites
saudade
quando longe
tua face

Inverno que geme
onipotente
sua graça ausente
no sol do meu poente.

Mas pelo verão do ato
aguardo desesperado
seu olhar cortante
seus dentes sorrindo
Me dizendo como é
lindo nosso amor
que arde mas não passa
que passa mas como uva
mantendo-se no vinho
que Baco serviu Platão
na nossa filosofia de plantão
regada à cachaça.

Anúncios

Replique

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close