Feminismo sob o prisma da Teoria Crítica da Sociedade

          A teoria crítica da sociedade, tradição de pensamento iniciada por Horkheimer na esteira de Karl Marx, nos permite pensar inúmeros âmbitos da contemporaneidade cultural. Focaremo-nos nesse trabalho sobre a questão do feminismo. Para isso analisaremos três dimensões fundamentais para garantir justiça de gênero: reconhecimento, redistribuição de renda, e representação política. [...]

Manifesto de Comemoração de 1 ano de AJ-ONU.org

Para além do círculo restrito da família de cada um de nós, em nosso tempo, e principalmente numa cidade multicultural como Berlim e/ou pluralíssima como São Paulo, quase todas as pessoas aparecem-nos como estrangeiras. Do latim “extraneus”, os que são de fora, fora de nossas casas, forasteiros de outras cidades ou países. Surge então uma [...]

Prova para a disciplina de História da Filosofia Contemporânea III entregue em 18/06/2008

Excerto escolhido da obra de Merleau-Ponty: Excerto III Procuraremos circunscrever primeiramente os pressupostos do conceito de "Ser" que se fala em nós do excerto de "O Visível e o Invisível" escolhido. Em alguma medida podemos ler "Ser falando em nós", como "Natureza falando em nós", porém esta natureza aos olhos de Merleau-Ponty é essencialmente diferente [...]

Charles Sanders Peirce – Uma Introdução

          Charles Sanders Peirce é considerado por muitos como a mente estadunidense mais criativa e profunda. Ao alcançar um olhar de sobrevoo para o corpus da obra peirceana compreendemos seu contínuo esforço de esquadrar senso comum com ciência, filosofia e religião, lógica e semiótica. Filho de um afamado matemático e astrônomo, [...]

Técnica, Prometeu, Epimeteu e a Instituição da Temporalidade – Uma Leitura de Bernard Stiegler

          Nos dias de hoje a importância da técnica é transversal a todos os âmbitos da cultura. O desenvolvimento da eletricidade, por exemplo, há pouco mais de 100 anos, provocou extraordinárias mudanças na maneira da humanidade lidar com seu entorno. Acompanharemos as análises de Bernard Stiegler no livro La Technique et [...]

Jakob von Uexküll e Merleau-Ponty: uma aproximação

          Buscaremos realizar um recorte conceitual da obra de Jakob von Uexküll (1864-1944), biólogo da Estônia que escreveu em Alemão, principalmente de sua noção de Umwelt (em más traduções: mundo circundante, meio ambiente), para compreendermos como esse conceito será apropriado e utilizado pelo filósofo francês Maurice Merleau-Ponty (1908-1961).       [...]

Biosemiótica: Thomas A. Sebeok leitor de Jakob von Uexküll e Charles Sanders Peirce

          «Não há uma via rápida filosófica na ciência, com placas (de trânsito) epistemológicas. Não, estamos numa selva, e encontramos nosso caminho por tentativa e erro, construindo nossas estradas atrás de nós conforme prosseguimos. De fato, não encontramos placas na encruzilhada, porém nossos próprios escoteiros as erguem, para ajudar os outros»[1] [...]

São Paulo, Uma romã de romance. Por Rafael Arturo Bandini.

Apavora-me as tamanhas possibilidades que se me apresentam. Queria dar de ombros, deslocá-las como não tendo a ver comigo. O que me tange, é tão variável. O escopo abarca juras de amor ao léu à possibilidade bem concreta de fazer romances proféticos ou míticos que, sobretudo, me agradem. Você precisa se recompor, Rafael. Nós precisamos [...]

A metáfora em Paul Ricouer

Pretendemos realizar um recorte temático da obra de Paul Ricouer, A Metáfora Viva, que mostre o desenvolvimento da questão da metáfora, de Aristóteles passando pela Tropologia e, finalmente, buscaremos elucidar o entendimento contemporâneo sobre o tema, aos olhos de Paul Ricouer. Com isso, atingiremos um dos «eixos de sua filosofia».[1] Acompanharemos o percurso do autor [...]

A origem do traço em Memórias de Cego de Jacques Derrida

«A metafísica apagou em si mesma a cena fabulosa que a produziu e que permanece, no entanto, ativa, turbulenta, inscrita com tinta branca, desenho invisível e oculto no palimpsesto”[1]» Considerações Gerais sobre Memórias de Cego (Mémoires d´Aveugle) de Jacques Derrida           O livro Memórias de Cego apresenta de forma sofisticada, sutil [...]

A noção de especulativo em Hegel

          Buscamos investigar as origens da noção de especulativo, em Hegel, que de certa forma será fundamental para toda sua obra e, principalmente para a lógica. Veremos que a lógica de Hegel se move no âmbito do especulativo. Finalizaremos ao ver em que medida a noção de conceito aponta para um [...]

As regras da argumentação na pragma-dialética

           O objetivo desse trabalho é elucidar como operam e em que contexto faz-se necessário um determinado conjunto de regras, propostas por uma escola de teoria da argumentação chamada pragma-dialética, que quando aplicadas por interlocutores razoáveis num diálogo crítico, podem levar à resolução de uma diferença de pontos de vistas. A [...]

Derrida: uma introdução

Notas de aula da Disciplina de Desconstrução, Cursada na Pós-Graduação em Filosofia - Universidade de Coimbra, Portugal, 2010. 02/10/2010 Apresentação da filosofia de Jacques Derrida. Desconstrução como a desconstrução da metafísica da presença ocidental. A desconstrução tem caráter edificador, construtivo, e é inerente a ela a justiça e a ética. A desconstrução é uma atenção [...]

Ricouer – Metáfora, Imaginação, Intersubjetividade

          A teoria da metáfora desloca para a linguagem o pensamento tradicional que via na percepção as origens das imagens e da imaginação. A linguagem é o locus da inovação semântica engendrada pela metáfora. Ricouer procura desprender-se da imagem como um apêndice e sombra da percepção. Percebemos a revolução copernicana do pensamento de Ricouer neste [...]

Retórica em Platão

          Do plano geral da exposição: Inicio com algumas considerações gerais em torno do estabelecimento da retórica. Considero o paralelismo existente entre o estabelecimento da democracia e o advento da retórica. A seguir passo ao próprio pensamento de Platão, no que concerne à retórica, fazendo um recorte desse tema nos diálogos [...]