Categorias
A filosofia nossa de cada dia

A metáfora em Paul Ricouer

Pretendemos realizar um recorte temático da obra de Paul Ricouer, A Metáfora Viva, que mostre o desenvolvimento da questão da metáfora, de Aristóteles passando pela Tropologia e, finalmente, buscaremos elucidar o entendimento contemporâneo sobre o tema, aos olhos de Paul Ricouer. Com isso, atingiremos um dos «eixos de sua filosofia».[1] Acompanharemos o percurso do autor […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

A origem do traço em Memórias de Cego de Jacques Derrida

«A metafísica apagou em si mesma a cena fabulosa que a produziu e que permanece, no entanto, ativa, turbulenta, inscrita com tinta branca, desenho invisível e oculto no palimpsesto”[1]» Considerações Gerais sobre Memórias de Cego (Mémoires d´Aveugle) de Jacques Derrida           O livro Memórias de Cego apresenta de forma sofisticada, sutil […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

A noção de especulativo em Hegel

          Buscamos investigar as origens da noção de especulativo, em Hegel, que de certa forma será fundamental para toda sua obra e, principalmente para a lógica. Veremos que a lógica de Hegel se move no âmbito do especulativo. Finalizaremos ao ver em que medida a noção de conceito aponta para um […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

As regras da argumentação na pragma-dialética

           O objetivo desse trabalho é elucidar como operam e em que contexto faz-se necessário um determinado conjunto de regras, propostas por uma escola de teoria da argumentação chamada pragma-dialética, que quando aplicadas por interlocutores razoáveis em um diálogo crítico, podem levar à resolução de uma diferença de pontos de vistas. […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Derrida: uma introdução

Notas de aula da Disciplina de Desconstrução, Cursada na Pós-Graduação em Filosofia – Universidade de Coimbra, Portugal, 2010. 02/10/2010 Apresentação da filosofia de Jacques Derrida. Desconstrução como a desconstrução da metafísica da presença ocidental. A desconstrução tem caráter edificador, construtivo, e é inerente a ela a justiça e a ética. A desconstrução é uma atenção […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Ricouer – Metáfora, Imaginação, Intersubjetividade

          A teoria da metáfora desloca para a linguagem o pensamento tradicional que via na percepção as origens das imagens e da imaginação. A linguagem é o locus da inovação semântica engendrada pela metáfora. Ricouer procura desprender-se da imagem como um apêndice e sombra da percepção. Percebemos a revolução copernicana do pensamento de Ricouer neste […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Retórica em Platão

          Do plano geral da exposição: Inicio com algumas considerações gerais em torno do estabelecimento da retórica. Considero o paralelismo existente entre o estabelecimento da democracia e o advento da retórica. A seguir passo ao próprio pensamento de Platão, no que concerne à retórica, fazendo um recorte desse tema nos diálogos […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Leibniz e a substância do Mundo

           Para compreendermos o processo de individuação da substancia em Leibniz é necessário recorrer à história da filosofia. Leibniz compartilhou com vários filósofos modernos o desejo de engendrar um sistema coeso, porém suas fontes de inspiração são heterodoxas. Se de um lado buscou responder às principais perguntas propostas pela ciência moderna, […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Greenberg – A Crítica de Arte

          Clement Greenberg ocupou uma posição central na crítica de arte feita nos Estados Unidos, empreendida dos anos trinta até a década de setenta. Procuraremos, nesta dissertação, analisar o artigo Abstrato, figurativo e assim por diante ampliando alguns de seus pontos, o que, para isso, recorreremos a uma série de textos […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Santo Agostinho – O Livre Arbítrio

I – Contextualização Histórica            Os comentadores concordam que o Livre-Arbítrio é um dos trabalhos mais importantes de St. Agostinho, ao lado das Confissões e da Cidade de Deus. O Livre-Arbítrio teve uma complexa redação, estendendo-se por mais de sete anos, de 388 à 395. O livro I foi escrito na […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Richard Rorty – Entre Nietzsche e a Teoria Crítica

          Passagem escolhida: “Assim ele enxergava no esclarecimento tanto o movimento universal do espírito soberano, do qual se sentia o realizador último, quanto a potência hostil à vida, “nihilista”.”           Resumo: argumentaremos nesse trabalho que Max Horkheimer e Theodor Adorno corroboram a crítica nietzschiana à razão, e, por conseguinte, à civilização, porém ao instituir a […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Iris Marion Young – Feminista

I           (Em linhas gerais, a parte do texto que me coube (ou seja,os capítulos II, III, IV do texto), a autora, Iris Marion Young buscará defender a seguinte tese: a representação política não implica numa menor participação popular. Vou passar analisando os pontos que julguei fundamentais, em cada um dos […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Escola de Frankfurt – Feminismo

          A teoria crítica da sociedade, tradição de pensamento iniciada por Horkheimer na esteira de Karl Marx, nos permite pensar inúmeros âmbitos de nossa contemporaneidade cultural. Nos focaremos nesse trabalho sobre a questão do feminismo. Para isso analisaremos algumas questões cruciais: inicialmente discutiremos as democracias diretas e indiretas, a luz de […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Hölderlin e Nietzsche

          Ao analisarmos os escritos de Friedrich Nietzsche vemos que Friedrich Hölderlin surge, no mínimo, como seu “poeta favorito”. Sabemos da primazia dada ao discurso poético aos olhos de Nietzsche, sua obra “máxima” Assim Falou Zaratustra é extremamente poética. Parece evidente aos olhos de Nietzsche que a poesia é uma forma […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Kant e o problema da Ding-an-sich

          Método de Exposição           A questão em torno do “problema da coisa em si” parece percorrer e definir o que é comumente rotulado como Idealismo Alemão. Esta dissertação pretende tratar o tema com certa ousadia. Procuraremos circunscrever a questão passando pela opinião de vários autores que […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Mais Rousseau

Filosofia do Direito (Rechtsphilosophie): Ciência que pretende ordenar o saber na área de direito de acordo com sua Origem, Intento, Estrutura, Legitimação, Interdependência social e validade. A filosofia do direito limita-se a esboçar suas partes não como a história do direito, que se ocupa com o comportamento histórico inerente ao direito, ou como a sociologia […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Kepler e a harmonia do mundo

          Tema 5: Natureza e método no nascimento das ciências exatas: os aspectos metodológico e ontológico do conceito kepleriano de harmonia e a afirmação de que a finalidade dos estudos deve ser a orientação do espírito para que faça juízos verdadeiros sobre todos os assuntos.           Trataremos […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

A Arte de Heidegger

Pretendemos analisar o percurso do texto de Martin Heidegger, A Origem da Obra de Arte. Veremos que Heidegger inicialmente utilizará da história da filosofia para alcançar compreender o que a obra de arte não é. Se isso for bem sucedido, Heidegger pensa que a essência da obra vai ser alcançada como o colocar-se da verdade. […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Wittgenstein e o Mundo

          Visamos adentrar a obra de Ludwig Wittgenstein num período de sua produção que vai da publicação do Tractatus Logico-Philosophicus, que aparece em 1921, até os anos de 1930-32 em que Wittgenstein vai ministrar suas preleções em Cambridge. Com isso procuramos distinguir quais das teses do primeiro momento (Tractatus) serão expandidas, alteradas e até mesmo […]

Categorias
A filosofia nossa de cada dia

Rousseau – Contrataremos?

“No momento em que o povo se encontra legitimamente reunido em corpo soberano, […]” No capítulo XII do Livro Terceiro do qual o excerto que analisamos aqui é uma continuação, Rousseau afirma que a soberania popular por meio de leis, “estas atos autênticos da vontade geral”, é possível. O problema estaria na possibilidade da reunião […]