Categorias
Texto despretensioso

Manifesto de Comemoração de 1 ano de AJ-ONU.org

Para além do círculo restrito da família de cada um de nós, em nosso tempo, e principalmente numa cidade multicultural como Berlim e/ou pluralíssima como São Paulo, quase todas as pessoas aparecem-nos como estrangeiras. Do latim “extraneus”, os que são de fora, fora de nossas casas, forasteiros de outras cidades ou países. Surge então uma […]

Categorias
Poesia Texto despretensioso

Elegia de um Mano

O mano é, sobretudo, um troll. Mas um mano tacado nasoropa é um deus. Por que bato a cabeça quando ela está com capacete? Copo cheio, vinho. Fumaça venenosa. Tava com o saco na lua, depois de toda baboseira essencialista, Aristóteles é o caralho! Um mano travestido de intelectualóide! É a parte que me coube! […]

Categorias
Poesia Texto despretensioso

São Paulo, Uma romã de romance. Por Rafael Arturo Bandini.

Apavora-me as tamanhas possibilidades que se me apresentam. Queria dar de ombros, deslocá-las como não tendo a ver comigo. O que me tange, é tão variável. O escopo abarca juras de amor ao léu à possibilidade bem concreta de fazer romances proféticos ou míticos que, sobretudo, me agradem. Você precisa se recompor, Rafael. Nós precisamos […]

Categorias
Texto despretensioso

Protegido: Contributions to a drug addict´s autobiography

Não há nenhum resumo porque esse post está protegido.

Categorias
Texto despretensioso

Contributions to my autobiography

I was wondering about what to write about in a personal blog. Yet the answer looks like easy, I´d rather select some points to describe myself. I want to write about me, first of all, for me. I´d like to create another forms to talk about myself, creative new ways to reach my identity. That´s […]