Categorias
Meditação Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 49 e 50

Sessão 49 Ok. Eu estava nesse momento tentando lembrar-me do homem. Posso ver a sua face, mas talvez eu nunca me preocupei com seu nome, então não me lembro dele. Contarei toda a história para vocês.  A minha Nani, vendo que não era possível ensinar algo a mim e que enviar-me a escola estava apenas […]

Categorias
Meditação Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 46-48

Sessão 46 Ok. Posso começar com o segundo dia da minha escola primária. Quanto tempo isso pode esperar? Isso já esperou o bastante. O segundo dia foi realmente a minha entrada na escola, porque o Mestre Kantar havia sido colocado para fora e todo mundo estava feliz. Quase todas as crianças estavam dançando. Eu não […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 43-45

Sessão 43 Ok. Sempre me perguntei como Deus pôde fazer esse mundo em apenas seis dias. E esse mundo! Talvez seja por isso que ele chamou seu filho de Jesus! Que nome para se dar para seu próprio filho! Ele tinha que punir alguém pelo o que tinha feito, e não havia ninguém mais disponível. O […]

Categorias
Meditação Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 39-42

Sessão 39 Devageet, penso que você está sendo afetado por algo. Você tem que ser desafetado, certo?  “Certo.” Caso contrário, quem vai escrever as notas? O escritor deve ser, pelo menos, o escritor.          Ok. Essas lágrimas são para você, é por isso que elas estão do lado correto. Ashu perdeu. Uma […]

Categorias
Meditação Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 36-38

Sessão 36 Eu estava pensando em uma história agora. Não sei quem a criou ou por que, e não concordo com suas conclusões também, mas ainda assim a amo.  A história é simples. Vocês podem tê-la ouvido, mas talvez não a entenderam porque ela é muito simples. Todo mundo acha que entende a simplicidade. É […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 32-35

Sessão 32 Sempre espantei-me pois algo havia dado certo comigo desde o início. É claro que tal frase não existe em nenhuma língua. Existe uma frase como “algo deu errado,” mas não “algo deu certo,” mas o que posso fazer? Realmente deu certo desde a minha primeira respiração – até agora pelo menos, e espero […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, 28-31

Sessão 28 Ok. O barulho que vocês estão fazendo é suficiente para fazer qualquer um dizer ok. Obrigado. Agora posso realmente dizer ok.  Eu estava ouvindo novamente agora, não a Hariprasad Chaurasia, mas outro flautista. Na Índia a flauta tem duas dimensões: uma, a sulista; a outra, nortista. Hariprasad Chaurasia foi um flautista nortista; eu […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, Sessões 24-27

Sessão 24 Eu estava falando para vocês que a amizade é um valor superior ao amor. Ninguém disse isso antes. E eu também disse que a amabilidade é superior à amizade. Ninguém nem mesmo mencionou isso. Certamente terei que explicar.          O amor, por mais belo que seja, permanece terreno. É algo […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, Sessões 20-23

Sessão 20 Espere pelo meu “Ok…”          Estou em frente ao Portão do Elefante da minha escola primária… e aquele portão iniciou muitas coisas na minha vida. Eu não estava sozinho é claro; o meu pai estava comigo. Ele veio para inscrever-me na escola. Olhei para os portões altos e lhe disse, […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, Sessões 17-19

Sessão 17 Ok. As primeiras palavras que Ajit Saraswati declarou na noite de ontem foram, “Osho, nunca pensei que conseguiria.” É claro que aqueles que estavam presentes pensaram que ele estava falando sobre viver na comuna. E isso é, de certa maneira, verdadeiro, relevante, porque lembro-me o primeiro dia que ele veio ver-me há vinte […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, Sessões 12-16

Sessão 12 Trabalhei à noite toda por causa de um pequeno comentário que fiz que talvez tenha sido ofensivo com Devaraj. Ele pode não o ter percebido, mas o comentário pesou sobre mim a noite inteira. Eu disse, “Nenhum buda já teve um dentista pessoal, mas Gautama o Buda teve um médico pessoal.” Isso não […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, Sessões 8-11

Sessão 8 Eu estava falando sobre um incidente que é absolutamente importante para entender a minha vida e seu mecanismo… e isso ainda está vivo em mim. A propósito, falei que ainda posso lembrar-me, mas a palavra ‘lembrar’ não está correta. Ainda posso ver todo o incidente ocorrendo. É claro que eu era apenas uma […]

Categorias
Tradução

Vislumbres de uma Infância Dourada, OSHO, Sessões 1-7

Introdução Introdução à segunda edição revisada e expandida. O livro que você segura em sua mão é uma história singularmente verdadeira. É uma história da verdade. Certa vez, na cidade de Rajneeshpuram, Óregon, naquela insanidade chamada América, o mestre vivo Osho foi a seu dentista.          Isso em si mesmo não é […]

Categorias
Tradução

Livros que Amei, OSHO, Capítulos 9-16

Sessão 9   Agora é o meu momento. Não acho que alguém já falou em uma cadeira de dentista. Sinto-me privilegiado. Vejo que os budas invejam-me. O PS. continua…   O primeiro livro hoje: O Destino da Mente de Haas. Não sei como seu nome é pronunciado: h-a-a-s – eu o pronuncio Haas. O livro não […]

Categorias
Tradução

Livros que Amei, OSHO, Capítulos 1-8

Sessão 1   1984, na Casa Lao Tsé, Rajneeshpuram, Oregon, EUA   O convidado, o anfitrião, o crisântemo branco… esses são os momentos, as rosas brancas, os quais ninguém deve falar. Nem o convidado, nem o anfitrião… apenas o silêncio.   Mas o silêncio fala da sua própria maneira, canta a sua própria música de […]

Categorias
Meditação Tradução

Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2. Cap 10, OSHO

O Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2 Capítulo #10 Título do Capítulo: A lei – antiga e inexaurível 10 de Julho de 1979 na Sala Buda A primeira questão: AMADO MESTRE, POR FAVOR CONTE-NOS MAIS SOBRE O QUE VOCÊ QUER DIZER POR DIMENSÃO DA MÚSICA. Yoga Chinmaya, a vida pode ser vivida de duas […]

Categorias
Meditação Tradução

Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2. Cap 9, OSHO

O Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2 Capítulo #9 Título do Capítulo: Semeando a bem-aventurança 9 de Julho de 1979 na Sala Buda POR UM TEMPO O DANO DO TOLO TEM UM SABOR DOCE, TÃO DOCE QUANTO O MEL. MAS NO FINAL ELE TORNA-SE AMARGO. E QUÃO AMARGAMENTE ELE SOFRE! POR MESES O TOLO […]

Categorias
Tradução

Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2. Cap 8, OSHO

O Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2 Capítulo #8 Título do Capítulo: Deus ama o riso 9 de Julho de 1979 na Sala Buda A primeira questão: Questão 1 AMADO MESTRE, NO OCIDENTE FUI TREINADO COMO UM ASSISTENTE SOCIAL. FUI ENSINADO QUE É IMPORTANTE QUE UMA PESSOA RESPEITE E AME A SI PRÓPRIA E […]

Categorias
Tradução

Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2. Cap 7, OSHO

O Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2 Capítulo #7 Título do Capítulo: A colher saboreia a sopa? 7 de Julho de 1979 na Sala Buda QUÃO LONGA É A NOITE PARA A SENTINELA, QUÃO LONGA É A ESTRADA PARA O EXAURIDO VIAJANTE, QUÃO LONGA É A PERAMBULAÇÃO DE MUITAS VIDAS PARA O TOLO QUE […]

Categorias
Tradução

Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2. Cap 6, OSHO

O Dhammapada: O Caminho do Buda, Vol 2 Capítulo #6 Título do Capítulo: É isso 6 de Julho de 1979 na Sala Buda A primeira questão: Questão 1 AMADO MESTRE, VOCÊ SEMPRE APONTOU QUE A MAIORIA DAS COISAS E ESTADOS SÃO DUAS EXTREMIDADES DE UM ESTADO, OPOSTOS POLARES, ENTÃO O ÓDIO É A OUTRA PONTA […]